Estratégias de UX para Aumentar a Retenção de Visitantes

UX design

Atrair, reter e converter leads é crucial no mercado digital contemporâneo. Não há como fugir da necessidade de se construir uma boa experiência para o cliente. Assim, há uma grande variedade de técnicas de UX design que podem ajudar nesse processo.

Estabelecer-se para o cliente nunca foi uma tarefa fácil. O fato de se tornar conhecido é importante, mas o estabelecimento da marca em seu conjunto mercadológico precisa ir além.

Afinal, é essencial saber como se colocar como opção viável no horizonte de consumo estabelecido pelo cliente.

Diante desses pontos, uma variedade bastante grande de estratégias começou a fazer parte desses contextos.

O avanço do marketing e das abordagens de venda demonstram o quanto esses aspectos conseguem interagir de forma positiva com o mercado.

A construção de uma base de clientes é essencial. Desde o começo do mercado, a busca das marcas estão sustentadas nessa máxima.

Isso ajuda a empresa a conquistar mais credibilidade e, além disso, o crescimento pode ser estabelecido a partir desse ponto.

Sendo assim, o que define o consumo não é a aparição da empresa em um momento estratégico, mas, sim, a sua capacidade de responder a um questionamento naquele momento. A partir disso, é possível valorizar ainda mais a relação do cliente com a marca.

Fundamentar novos valores mercadológicos é uma tendência importante. Por isso, desde o começo do marketing, as empresas buscam formas de garantir uma dinâmica de consumo mais lúdica, seja através de um jingle ou de um comercial de TV.

Além da comunicação ser um dos pilares do consumo, a experiência do cliente precisa ser muito bem elaborada.

Afinal, uma boa dinâmica na hora de tirar uma CNH de carro e moto pode levar aquela pessoa a indicar essa autoescola para amigos e familiares.

A conquista do cliente pode ser um dos grandes desafios do mercado, mas, sem ela, não há como orientar o crescimento de nenhuma marca. Portanto, é essencial pensar em como essas demandas se manifestam nos dias de hoje.

Mundo digital: a experiência no centro

Com a chegada do mundo digital, as empresas tomaram conhecimento de uma variedade bastante grande de ferramentas. Esse novo conjunto estratégico muniu o mercado de meios para se chegar a resultados nunca antes imaginados.

Das redes sociais às plataformas de e-commerce, as empresas conseguem estruturar uma comunicação bastante sólida com seu público. Isso tende a trazer elementos de maior consolidação de boas experiências.

Além de ser um horizonte estratégico, há uma demanda por boas experiências no mercado. O cliente está cada vez mais orientado por acesso ao mercado e, com isso, surge uma diversidade grande de exigências.

Quando uma pessoa pesquisa por conserto compressor ar condicionado , há um mercado todo a ser explorado.

Dessa forma, sua escolha pode assumir uma série de critérios importantes na hora de estabelecer um vínculo comercial.

Sendo assim, já não há mais uma dimensão passiva de consumo. A busca do cliente é ativa por seus produtos e serviços. Por isso, as empresas precisam saber como se colocar nesse cenário de forma categórica.

Além das já conhecidas orientações de marketing, há uma variedade importante de ferramentas para qualificar a experiência do cliente. Quanto mais estabelecida for essa dinâmica, melhor será para a empresa na hora de atrair, reter e converter leads.

Na realidade, o próprio conceito de lead já demonstra a importância da estratégia. Isso porque as empresas passaram a tratar o possível cliente dentro de seu escopo estratégico. Sendo assim, a conversão é a meta.

Um site especializado em venda de letreiro luminoso fachada precisa estabelecer alguns pontos de boa experiência.

Seja através de um site responsivo, de uma dinâmica de atendimento ou de um design bem estabelecido, todos esses aspectos influenciam no sucesso da marca.

De forma resumida, quanto mais o tempo passa, mais estratégias podem ser consideradas nesses processos. Por essa razão, é fundamental lidar com esses avanços de forma muito bem estabelecida em todas as instâncias do mercado.

A experiência do cliente em todas as suas dimensões e complexidades é o que pode elevar a capacidade de venda de um cilindro pneumático rotativo em uma loja de artigos industriais, por exemplo.

O que é UX?

Atualmente, de tanto falar a respeito de experiência, uma diversidade grande de estratégias passaram a ganhar forma no mercado. Uma delas é o UX. Sua capacidade de lidar com os avanços das demandas dos clientes é notável.

O UX, também conhecido como User Experience ou experiência do cliente, é uma estratégia forjada com base nas necessidades de se viabilizar uma boa dinâmica de acesso do cliente com base em sua condição de usuário de uma plataforma.

Ou seja, sua grande diferença para uma estratégia de Customer Experience é a classificação do interlocutor. Ambos trabalham com a mesma pessoa, mas um na dimensão de cliente e o outro em uma dimensão técnica de usuário.

Trabalhar em conjunto com as duas técnicas pode fazer a diferença, mas é importante saber delimitar quais são as funções de cada elemento.

Sendo assim, um site intuitivo pode ajudar o usuário a comprar uma flange 100mm PVC e as estratégias de experiência do cliente a retê-lo.

O UX trabalha com elementos de design, programação e uma série de fatores técnicos que visam lidar com alguns critérios essenciais. São eles:

  • Utilidade;
  • Responsividade;
  • Navegabilidade;
  • Intuitividade;
  • Confiabilidade.

Diante desses exemplos, é possível pensar em uma série de aplicativos, serviços de streaming e redes sociais que trabalham muito bem com esses processos. Portanto, há muito o que se considerar na hora de investir em uma estratégia como essa.

Benefícios do UX

A implementação de uma boa estratégia de UX pode fazer toda diferença nos mais diversos contextos de atuação. Isso vai desde a elaboração de uma boa experiência do cliente de uma forma geral até a adaptação para uma lógica de SEO.

Cada aspecto precisa ser muito bem estruturado para chegar a esses elementos. Portanto, seja um site especializado em limpeza de fachada preço ou em uma lógica mais voltada para uma rede social, o UX não pode ser ignorado.

Apontar para alguns de seus benefícios pode ajudar a trazer a dimensão real do quanto esse elemento é essencial para o sucesso de uma empresa:

  • Maior atração;
  • Retenção de clientes;
  • Aumento da taxa de conversão;
  • Site responsivo;
  • Menos ruídos;
  • Redução de custos;
  • Navegação clara.

Todos esses aspectos precisam ser considerados em dinâmicas bastante precisas. Quanto mais o tempo passa, mais esses elementos podem fazer a diferença e, por isso, é essencial buscar algumas interações nesse sentido.

Assim, seja uma empresa mais segmentada ou em termos gerais, não há como negligenciar a experiência do cliente em sua dimensão de usuário.

Desafios do UX

O grande desafio do UX é a expectativa gerada por sua atuação. Diante de uma uniformidade de boas experiências no mercado, essa estratégia passa de um diferencial para um elemento vital em qualquer empresa.

Inovar nesse processo pode ser uma tarefa complexa. Isso porque as grandes empresas investem muito dinheiro nesse processo. Por essa razão, muitas vezes, cabe trazer algumas observações do mercado para antecipar algumas tendências.

Ao observar um sistema de atendimento por aplicativo de um banco digital, uma loja de revestimento de gesso desempenado sobre parede pode pensar em meios para se adaptar a esse tipo de contexto.

De uma forma geral, esses desafios se manifestam como demandas de investimentos mais altos, o que nem sempre é uma realidade na empresa. Então, é primordial saber como introduzir esses aspectos de forma gradual.

Como melhorar a experiência do usuário?

Como é possível perceber, há alguns critérios essenciais para a construção de uma boa experiência do usuário. A ideia do UX é descomplicar a navegação de uma pessoa em um site e exacerbar a sua condição de cliente.

Quando uma pessoa entra em um site para comprar um tecido para parede infantil e esquece da sua condição de usuário, é porque o UX design funcionou. Ou seja, nada o incomodou e ele conseguiu se tornar um cliente sem muitos entraves.

Sendo assim, há algumas abordagens técnicas a serem estabelecidas para melhorar esses processos. São elas:

  • Focar em aspectos de navegação;
  • Estimular uma identidade visual própria;
  • Investir em descrição de produtos;
  • Reduzir tempo de carregamento;
  • Otimizar site para smartphones;
  • Configurar um chat.

Todos esses elementos são determinantes para a construção de um processo de maior impacto no mercado. Por isso, não há como ignorar o potencial do UX.

Considerações finais

A demanda por novas possibilidades de experiência sempre foi um dos fatores decisivos no mercado de consumo.

Com o passar dos anos, esses elementos ganharam bastante força e, atualmente, não há como negar a importância das dinâmicas de UX.

Entender o cliente em sua dimensão de usuário em um ambiente digital é essencial para que ele esqueça desse aspecto.

Assim, é importante descomplicar sua navegação e trazê-lo cada vez mais para uma lógica de conversão em um site.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento , onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Olá, eu sou a Luiza Fecker

Sou desenvolvedora e web designer, e trabalho fazendo o que amo! 🖤 Por aqui procuro repassar o meu conhecimento e deixar os conteúdos mais interessantes e úteis relacionados a designer, tecnologia sempre com muitas novidades, para você conhecer melhor esse novo mundo digital. 

Artigos Recentes